O seu cão quer salvá-lo!

 In Animais de estimação, Cães

Sobre o contágio emocional entre cães e humanos: experiência mostra como os cães tentam resgatar os seus donos.

Digamos que você é um cão e que o seu humano está preso dentro de uma caixa a pedir ajuda. Estaria ciente do seu desespero? Se fosse você, iria resgatá-lo? 

Estas são algumas perguntas que o estudo de Joshua Van Bourg e Clive Wynne, do ASU Canine Science Laboratory, quer responder. Uma experiência interessante com uma conclusão clara: o seu cão tentará resgatá-lo se sentir que você está em perigo, mas apenas se entender como fazê-lo.

Van Bourg, professor de psicologia da ASU, e Wynne, diretor da Canine Science Collaboratory da ASU, organizaram uma experiência para avaliar a propensão de 60 cães de companhia a resgatar os seus donos. Nenhum dos cães teve treino para cão de resgate.

No teste principal, cada humano foi confinado dentro de uma caixa grande e equipada com uma porta leve, que o cão poderia afastar. Os tutores fingiram angústia gritando “socorro” ou “ajudem-me” (tentando tornar os apelos o mais verdadeiros possível).

Os humanos participantes do estudo não poderiam chamar o seu cão pelo nome para impedir que ele agisse por obediência, em vez de se preocupar com o bem-estar do seu dono. “Cerca de um terço dos cães resgatou o dono aflito, o que pode não parecer muito impressionante a princípio, mas é, se o analisarmos”, considera Van Bourg.

Isso ocorre porque há duas questões a serem consideradas: por um lado, há o desejo dos cães em ajudar os “seus” humanos, mas, por outro, a consideração de entenderam como o poderiam fazer.

Este é o fator chave dos testes de controlo que foram realizados: num deles, um investigador colocou comida na caixa. Apenas 19 dos 60 cães abriram a caixa para receber a recompensa, enquanto mais cães tentaram resgatar os seus donos. Ou seja, o vínculo com o humano superou a comida. “O fato de dois terços dos cães nem abrirem a caixa para comer é uma forte indicação de que o resgate requer mais do que motivação, há algo mais envolvido e esse é o componente da habilidade”, aponta Van Bourg.

“Se nos centrarmos nos 19 cães que mostraram que poderiam abrir a porta da caixa para obter comida, 84% também resgataram os seus donos. Quer dizer, a maioria dos cães quer resgatá-lo, mas precisam saber como fazê-lo. Noutro teste de controlo, Van Bourg e Wynne observaram o que aconteceu se o dono do cão se sentasse dentro da caixa e simplesmente lesse uma revista em voz alta. Nesse caso, quatro cães a menos, 16 em 60, abriram a caixa.

O estudo pode ser lido na íntegra, aqui.

Recent Posts

Leave a Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Que idade (humana) tem o seu cãoPodengo