Microbioma intestinal e artrite em cães podem estar relacionadas

 In Cães

O microbima intestinal e a manifestação de artrite em cães parece ter uma co-relação, revela um estudo da Universidade Italiana de Udine.

Nesta investigação foi notado que os cães com artrite apresentam não só um perfil hematológico caraterístico, mas também um microbioma alterado o qual sugere a possibilidade de terapias direcionadas para a bactéria. Contudo, os resultados do trabalho, não clarificaram se as alterações eram a causa ou o efeito da artrite.

O trabalho incluiu 14 cães que sofrem de artrite crónica (AC) e 13 cães saudáveis (CS). Após a primeira visita e durante o período do estudo, os cães foram alimentados com uma dieta completa semi-húmida, complementada com ácidos gordos ómega 3.

Para a investigação foram recolhidas fezes e amostras na primeira visita e após 45 dias.

Segundo os investigadores, “a proteína C-reactiva do plasma (CRP) era maior, e as concentrações de vitamina B12 e folato eram mais baixas (p < 0,05) no grupo AC em comparação com o grupo CS”.

Os dados do microbioma fecal também revelaram que abundâncias relativas do género Megamonas eram mais elevadas em AC, enquanto a abundância relativa das famílias Paraprevotellaceae, Porphyromonadaceae e Mogibacteriaceae foi significativamente menor em comparação com CS.

Leia mais sobre o estudo, aqui:

https://microbiomaveterinario.it/scoperta-associazione-tra-microbiota-intestinale-e-artrite-nei-cani/

https://www.mdpi.com/2306-7381/7/3/92#_blank

Recent Posts

Leave a Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Cérebro dos cães não reage a rostos humanosComo prevenir infestações por pulgas