Design de próteses no Hospital Veterinário de São Bento: estética e coração

 In Animais de estimação

Desde sempre que sou apaixonada por animais. Era daquelas crianças que fazia festinhas a todos os cães e gatos que via na rua, e preferia ver programas sobre a vida selvagem a desenhos animados. Os meus brinquedos preferidos eram peluches, e tratava-os como bebés. Naturalmente que, já em adulta, passaram de peluches a cães, gatos, pombos, coelhos, hamsters, etc.

Como Cliente de longa data do Hospital Veterinário de São Bento conheci o Doutor Henrique Armés, e foi crescendo uma enorme admiração por toda a equipa e, em especial, pelo extraordinário trabalho do Doutor Henrique na área da ortopedia.

Também como “mãe” de uma família numerosa de patudos, sei o que é ser cuidador de animais com limitações físicas, e o impacto que a perda de mobilidade dos animais tem no dia-a-dia dos seus tutores. O bem estar dos nossos animais de companhia afecta-nos física e psicológicamente, ou não fossem eles também família.

Com formação em Design de Produto – área em que estou actualmente a desenvolver a tese de mestrado – contactei o Doutor Henrique no sentido de colaborar no desenho e execução de exo-próteses sob a sua orientação, e co-orientação do Professor Rui Marcelino, da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa. Partilhamos a convicção de que o cruzamento de saberes de áreas diversas pode ser enriquecedor para ambas as partes, e capaz de produzir resultados inovadores. Tenho aprendido imenso com o Doutor Henrique e com toda a equipa maravilhosa que lidera, e que são, sem excepção, extremamente colaborativos. É um previlégio trabalhar com uma equipa competente e movida por um objectivo comum – o bem estar dos animais.

Esta convergência de saberes já permitiu desenvolver uma exo-prótese para os membros posteriores dos gatos que, para além da eficácia funcional, não descura a estética e a harmonia fisionómica dos animais. Mais importante que o aspecto, foi a aceitação destes “sapatinhos” pelos patudos a quem se destinavam, devolvendo-lhes a mobilidade.

A concepção de equipamentos auxiliares de locomoção para animais com limitações motoras visa devolver a normalidade à vida destes nossos companheiros e, consequentemente, dos seus cuidadores. Actualmente estamos a intervir noutros casos clínicos, procurando fazer a diferença em mais vidas.

Texto de: Isabel Rego, designer e investigadora na Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa, em colaboração com o HVSB

Recent Posts

Leave a Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Esterilização por laparoscopiaalimentação equilibrada para o seu cão