Cuidados a ter durante o frio

 In Animais de estimação

As baixas temperaturas podem afetar a saúde e o bem-estar dos seus animais de estimação. Por isso, é importante protegê-los do frio. Conheça os nossos conselhos para esta época do ano.

Cuidados a ter com os gatos

As baixas temperaturas podem afetar a saúde e o bem-estar dos seus animais de estimação. Por isso, é importante protegê-los do frio. Conheça os nossos conselhos para esta época do ano.

Gatos

O frio intenso não é o melhor amigo dos gatos. E os mais sensíveis às baixas temperaturas desta época do ano são os gatinhos, dado que o seu sistema imunitário ainda não está completo. Em maior risco das consequências do frio estão também os gatos mais idosos, com mais de 7 anos, pela baixa de defesas do sistema imunitário, decorrentes da idade e patologias associadas, de igual modo, certas raças de gatinhos, cujo pelo não lhes confere proteção suficiente, como os siameses ou os que não têm pelo, como Sphynx, ficam igualmente mais expostos ao frio.

• Antes da chegada do frio é necessário que as vacinas do seu gato estejam atualizadas.

•  Cumpra sempre a desparasitação periódica.

•  Se o seu gato tiver acesso ao exterior, deve evitar mudanças bruscas de temperatura, evitando que ele saia nas primeiras horas do dia e à noite.

•  Se verificar que está constipado (espirros, muco nasal, olhos lacrimejantes), é conveniente levá-lo ao veterinário para determinar se necessita de tratamento.

•  Embora não seja comum, o gato pode experimentar hipotermia, se não se tiver protegido do frio intenso. Alguns sintomas são: fraqueza, tremores e perda de alerta mental. Nesse caso, aqueça-o, forneça uma fonte adicional de calor e esfregue o corpo vigorosamente. Nestes casos, é importante trazê-lo ao veterinário o mais rápido possível.

• A menos que seu gato viva fora de casa, não é necessário mudar a  ração diária para manter a sua temperatura corporal.

Cuidados a ter com os cães

Os cachorros e os cães mais velhos são os mais sensíveis ao frio. De qualquer forma, durante o inverno o seu cão não deve ficar exposto a baixas temperaturas durante um longo período de tempo, especialmente se ele não estiver habituado.

• Verifique se as vacinas estão em dia;

• Traga o seu cão para dentro da casa ou, caso fique fora de casa, arranje uma casota quentinha e confortável (com mantas e cobertores). As casotas devem estar bem isoladas e com uma elevação do solo para conferirem uma proteção adequada contra o vento.

• Apesar do frio, não deve parar de passear o seu cão todos os dias. Cães mais velhos ou de pelo mais curto podem precisar de um casaco para as suas caminhadas diárias e é aconselhável fazê-lo nas horas mais quentes, como no meio da manhã, no meio do dia e da tarde.

•  Se chover durante a caminhada ou tiver que tomar banho, é importante secá-lo o mais rápido possível, com uma toalha e um secador de cabelo.

• A nutrição adequada é importante para todos os animais de estimação que vivem ao ar livre porque precisam produzir mais energia.

Leia também:

Cuidados a ter com os cães no inverno

Recent Posts

Leave a Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Os animais têm sentido de justiçaExcesso de peso diminui a vida do seu cão