Cirurgia às cataratas no Hospital de São Bento

 Em Animais de estimação, Cães

As cataratas em cães ocorrem quando a lente do olho se torna nebulada, dificultando a  visão, o que leva, em muitos casos, a que os donos optem pela cirurgia. Aqui descrevemos todas as implicações desta operação.

A causa principal das cataratas é o avançar da idade, contudo, também podem ocorrer devido a outros fatores, como inchaços ou inflamações, ou decorrentes de outras patologias complexas, como a diabetes.

Como em outras condições médicas, algumas raças são mais propensas a apresentar cataratas do que outras, isto deve-se ao facto de esta doença ter inerente um forte factor genético.

Geneticamente, as raças com maior propensão a apresentar cataratas são: Cocker, Fox Terrier, Bichon Maltês, Buldogue Francês, Golden Retriever e Husky Siberiano.

A cirurgia à catarata para cães é a opção de tratamento cuja intervenção imediata impede que o animal sofra de cegueira permanente.

Como é a cirurgia às cataratas?

Envolve a substituição do cristalino por uma lente intraocular que realiza a sua função. Este procedimento é conhecido como facoemulsificação do cristalino e dura de 20 a 30 minutos. Para a intervenção, o cão recebe uma sedação simples, além de anestesia local.

Quando as cataratas estão presentes em ambos os olhos são operadas separadamente, e é respeitado um número prudente de dias para a recuperação do primeiro olho. Os resultados são imediatos e a sua eficácia é de 90% a 95%. Assim, em questão de uma semana, a visão do cão melhora muitíssimo e os efeitos são permanentes.

Riscos da cirurgia

É um procedimento muito simples e indolor e é realizado principalmente em regime de ambulatório. Os riscos desta intervenção estão mais associados à condição particular do animal do que à própria cirurgia.

Note-se que as cataratas avançadas podem causar cegueira total do olho; O mesmo também ocorre com outras patologias mais graves, como descolamento do cristalino ou glaucoma.

De salientar: Antes da cirurgia, contudo, o estado do animal é devidamente avaliado, uma vez que podem existir outras lesões concomitantes que interferem com o sucesso desta intervenção por limitarem a possibilidade de visão, tais como a retinopatia.
Mais informação:
Consulte toda a informação sobre o nosso serviço de Oftalmologia.
Artigos recentes

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Porque é que os cães comem erva?cuidados com cães no Verão