Toxoplasmose e gravidez: mitos e verdades

Design sem nome-1

O que é a toxoplasmose?
A toxoplasmose é uma zoonose endémica a nível mundial. Pode ser congénita (ou seja, adquirida in utero) ou adquirida, e o seu responsável é um protozoário, de nome Toxoplasma gondii.

O seu hospedeiro definitivo são os felinos, embora qualquer mamífero possa ser hospedeiro intermediário. A infeção do gato dá-se, normalmente, através da ingestão de hospedeiros intermediários infetados por quistos. Após a infeção, o gato passa a libertar oocistos de uma forma intermitente, nas fezes. Estes oocistos são altamente resistentes, pelo que se mantêm viáveis durante meses.

A infeção no Homem ocorre, mais frequentemente, pela ingestão de carne crua ou mal cozinhada que contenha quistos tecidulares, e por oocistos esporulados que se encontram nas liteiras dos gatos, ou pela ingestão de água contaminada.

O que é verdade sobre a Toxoplasmose na gravidez?

Se está grávida ou a pensar ter um filho, por favor não abandone ou negligencie os seus animais. O mais provável é que o seu gato não esteja contaminado, e caso esteja, se adotar hábitos como fazer a limpeza da liteira com luvas e uma correta desinfeção da mesma, o risco de contaminação é extremamente reduzido. Terá mais probabilidade de se infetar com Toxoplasma gondii pela ingestão de carne crua, em especial a de porco, mal passada e vegetais mal lavados, do que através do seu fiel companheiro.

A saber:

– Nem todos os felinos estão contaminados, apenas aqueles que ingerem carne crua ou mal passada (que contenham oocistos) ou que sejam caçadores (baratas, ratos,etc.) vivam fora de casa; Mesmo assim, estima-se que apenas 1% da população felina seja portadora. Caso o seu gato seja infectado, acaba por eliminar o parasito nas fezes durante os 15 dias depois da contaminação e apenas ocorre uma vez em toda a sua vida, ficando livre de contaminação. A eventual passagem para o ser humano só se passará se as pessoas mexerem em fezes (no período de contaminação) e, não lavando as mãos, acabem por ingeri-las e serem contaminadas.
– As mordidelas ou arranhões do sei gato não transmitem toxoplasmose;
– Dar festinhas ou abraçar o seu peludo não o irá contaminar;

Por tudo isto, tenha o seu peludo vacinado, desparasitado interna e externamente e examinado regularmente por um médico veterinário para que se evite qualquer doença. Se, mesmo assim, não ficar descansada peça uma análise, a si e ao seu felino. Mas nunca abandone o seu amigo.

Se tiver ficado com alguma questão acerca desta infeção, não hesite em contactar o Hospital Veterinário, através do nosso número de telefone – +351 21 3972 997 – ou, se preferir, através do nosso e-mail geral@veterinario.pt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *