12 dicas para viajar de carro com o seu patudo

Estamos em tempo de férias e muitos de nós viajarão, pela primeira vez, com o seu animal de estimação. Neste artigo, pretendemos dar-lhe dicas de como viajar confortavelmente de carro.

cão_carro2

Antes de se fazer à estrada com o seu patudo, deixo-lhe aqui algumas perguntas pertinentes e que poderão ajudá-lo a planear a sua viagem com o seu animal de estimação. O seu peludo já andou de carro? Gosta da experiência ou fica stressado? Está habituado a ser acondicionado em caixas de transporte?

Por esta altura já deve estar a pensar que é excessivo estar a fazer tantas perguntas, mas elas têm um objectivo: tentar perceber com o dono se este período de férias será tão maravilhoso para si como para o seu pet. A ideia é que estes dias de descanso sejam tão confortáveis para si como para o seu companheiro de quatro patas. Nada será impeditivo de levar o seu peludo consigo, apenas tem de estar prevenido para algumas eventualidades.

1 - Se o seu cão não está habituado a fazer viagens de carro ou costuma enjoar, não lhe dê comida umas quatro horas antes de realizar o percurso. Para água, a regra deve ser uma hora antes. Em caso dos gatinhos, o jejum é de duas horas antes do percurso.

2- Se não está habituado a viajar, o melhor é, durante as semanas antes de ir de férias, começar por dar algumas voltas de carro com o seu peludo, por curtas distâncias, para que ele se vá acostumando. Uma boa dica é levá-lo a locais que ele goste, como locais ao ar livre, jardins ou praia.

3- Se sabe que ele enjoa, fale com um veterinário, ele aconselhá-lo-á com medicação específica para a situação.

4 – Se o seu peludo sofre muito de ansiedade durante a viagem, informe-se igualmente com um veterinário, dado que existem no mercado desde calmantes naturais à venda em lojas de animais a medicação mais específica. Para o acalmar, pode ir dar um longo passeio antes da viagem, assim ficará mais tranquilo durante a viagem.

5 – Em caso de viagens longas, pare a cada hora, para que ambos possam esticar as pernas e patas, beber água e fazer as suas necessidades fisiológicas.

6- Se o seu amiguinho tem necessidades especiais, quer seja bebé ou mais idoso, existe um produto que pode facilitar a sua vida que são as fraldas para cão, que podem ser compradas em lojas de animais e que evitam contratempos durante a viagem.

7– Não se esqueça de levar consigo o boletim de vacinas e a licença do seu peludo para que possa apresentar os documentos caso seja necessário. De igual modo, tenha atenção e verifique se a placa de identificação do seu patudo está bem presa à coleira dado que, com a mudança de casa, pode perder-se. E ainda: leve-os para férias com as vacinas em dia, desparasitados e protegidos contra parasitas externos (pulgas, carraças e mosquito).

8- Leve consigo os brinquedos que ele mais gosta para que se sinta em casa. Em caso de ser acondicionado em transportadoras, ponha o próprio cobertor para que se sinta mais aconchegado.

9 – Mantenha a temperatura do carro amena, não refrigere muito o ar dentro da viatura, dado que pode originar resfriados para si e para o seu animal.

10 - Não leve o animal solto. No caso dos gatos, as caixas transportadoras são ideais para que viagem em segurança. Nos cães, use um arnês e um cinto de segurança para animais.

11- Não o deixe viajar com a cabeça fora da janela. Uma distração pode ser fatal. Além do mais, as poeiras podem causar irritações oculares e a deslocação do vento problemas nos ouvidos.

12- E por último: Seja paciente, gentil e amável com o seu amigo de quatro patas. Viajar é tão stressante para si como para ele! Boas Férias!

Qualquer dúvida que tenha, pode sempre contactar-nos através do +351 21 3972 997, do geral@veterinario.pt ou visitar-nos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *